sexta-feira, 20 de março de 2009

Minha chata coordenação e o livro do Ju

A função de coordenadora tem muito pouco de glamour e um tanto considerável de chateação. Não tenho mais a mínima noção de quantas burocráticas declarações já carimbei e quantos pepinos já tive que enfrentar com relação à matrícula de aluno, notas erradas, aproveitamento de disciplina, reunião de conselho acadêmico, projeto pedagógico, ufa! Não sei se vou dar muito certo neste tipo de trabalho, mas fugas e desistências nunca fizeram parte da minha história nem da minha personalidade.
Então, hoje é o lançamento do livro do Juba (para os que não são íntimos, Pirajá) e vamos todos pedir autógrafos e tirar fotografias deste que será o primeiro de vários eventos em torno do meu querido amigo e seu primeiro livro, produto final de sua dissertação de mestrado. Este post é principalmente uma homenagem ao Juliano e uma forma de desejar a ele todo sucesso do mundo. Aqui vai a capa do livro O teatro de Vianna, orgulho do papai Juju! Beijo, amigo.

2 comentários:

Débora Sales disse...

Quando eu digo que tive os DOIS MELHORES professores do mundo, ninguém acredita...

Émile Cardoso e Juliano Pirajá.

Meu Deus, eu passei anos e aulas incríveis com esses dois.
Rsrsrsrs.

É... A felicidade intelectual existe.
Kkkkkkkkkkkkkkk!!!

Bjão!!
E parabéns ao Pirajá!!!

Thais disse...

Isso ai Emile! Juliano é um arraso! hehe
Os melhores professores da UEG fazem parte do trio parada dura: Andre, Juliano e Emile!